Entre o poder e a mídia

Marco Antônio de Carvalho Eid, M. Books: São Paulo, 2003.

O livro Entre o poder e a mídia, escrito por Marco Antônio de Carvalho Eid, apresenta de forma prática alguns dos mecanismos usados dentro das assessorias de comunicação dos setores públicos.

A abordagem feita pelo autor, baseia-se em sua experiência como assessor de governo doEstado de São Paulo. Ao final do livro, Marco Antônio conta sua experiência durante o movimento Diretas Já  e da Constituição de 1988.

Dentre os assuntos discutidos pelo autor, destacam-se:

Missão da Assessoria de Imprensa no Setor Público

A assessoria de imprensa não é uma mera ferramenta de promoção dos gestores públicos. É também um serviço do Estado para com a população. Possibilita o acesso às informações de interesse comum.

Atividades: apurar e distribuir informações de interesse público que não são abordadas pela mídia, ou seja, por veículos de grande porte. Atender às demandas dos jornalistas, a fim de facilitar o contato das políticas públicas e dos gestores públicas à imprensa.

Há uma dificuldade no sentido de que os próprios gestores não reconhecem a importância do papel da assessoria na construção dessa relação divulgação de políticas públicas e sociedade civil.

“Informações políticas fidedignas são uma das bases de sustentação da credibilidade da assessoria de imprensa governamental”. Não há espaço para a especulação. Deve ser evitado no noticiário, uma vez que ela não transmite credibilidade.

– Rede de Informações Jornalísticas e Fontes Coesas

“A ausência de uma linguagem coesa em toda a máquina estatal dá margem a muitos equívocos na comunicação com a imprensa e, portanto, com a sociedade. Também oferece fartos argumentos para críticas da oposição sobre a falta de coerência do governo e clientelismo (este estigma mesmo quando não ocorre, parece, configurar-se, em termos de imagem, quando um governo tem ações muito segmentadas e dispersas, sem vínculos com um programa de políticas públicas articuladas)”.

Cursos de media training para quem lida diretamente com os jornalistas contribuem para melhorar a imagem da administração pública perante a sociedade.

Análise do material periodicamente – clipping – com a finalidade de apurar pontos positivos e negativos da imagem apresentada à mídia espontânea. Esse serviço geralmente é terceirizado, uma vez que demanda bastante tempo e requer uma sólida estrutura para a sua construção.

– Pautas de Interesse Público e Banco de Dados Completo

Algumas informações básicas sobre o município, estado ou país atendido pela assessoria não podem jamais faltar no banco de dados. Entre eles, dados econômicos completos, número de empresas instaladas, valores do comércio, arrecadação de impostos, população, itens que compõem o IDH, dados geoográficos, atrações turísticas e serviços públicos.

– Produtos e Materiais Jornalísticos Personalizados

A assessoria deve produzir material específico para determinados tipos de veículos como, por exemplo, ceder entrevistas gravadas para rádio e televisão, diretamente com os representantes de governo.

Deste modo, Entre o poder e a mídia reúne material básico para o entendimento acerca da dinâmica das atividades de uma assessoria de imprensa. Destinada àqueles que tem interesse em entender como estão articuladas as atividades do setor de comunicação com as do setor público,

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: